Foto: Projetado pelo Freepik

Executivo de empresa de tecnologia fala sobre profissões do futuro

Na semana passada, publicamos aqui no Blog da UNO Robótica um estudo da Cognizant, empresa mundial de tecnologia e negócios, apontando as 21 profissões promissoras para os próximos dez anos. Ainda de acordo com esta pesquisa, alguns empregos serão extintos pela tecnologia, mas outros serão criados, gerando oportunidades em mercados ainda não explorados.

Ben Pring, vice-presidente da Cognizant, empresa mundial de tecnologia e negócios (Foto: Divulgação)

“Com o aumento do uso da tecnologia em todas as áreas, as pessoas estão buscando profissões que envolvam realidade virtual, análise de dados, inteligência artificial e programação. Essa tendência evidencia que a força de trabalho humana ficará responsável por atividades que tenham como objetivo analisar e tomar decisões de risco, que um software, por exemplo, não é capaz de realizar”, afirma Ben Pring, vice-presidente da companhia.

No varejo, por exemplo, é notável o quanto estão sendo trabalhadas as tecnologias que garantem uma experiência de consumo diferenciada, que impactam diretamente o comprador e geram emoções únicas. Já na área da saúde, exames feitos por softwares e raios X, com resultados muito mais rápidos e assertivos, já são possíveis graças à utilização da inteligência artificial para resolver problemas e gerar resultados precisos.

O setor financeiro é outro que busca diferentes meios tecnológicos para ganhar produtividade, desburocratizar processos e aumentar a eficiência operacional. “No futuro, o trabalho continuará sendo fundamental para nossos sonhos, identidades, natureza e realidades, mas não será necessariamente o trabalho que conhecemos ou fazemos agora”, completa o executivo.

1 comentário sobre “Executivo de empresa de tecnologia fala sobre profissões do futuro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *